Expedição

 

As Joias Escondidas de Goiás

Jardim de Maitreya -Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros - GO

Conhecer a Chapada dos Veadeiros, encravada no ponto mais alto do Planalto Central é algo sensacional, pois é uma região repleta de cachoeiras, piscinas naturais, cânions, riachos e matas de cerrado. Hoje o Parque abrange uma área de 65.515 hectares, repleta de cenários únicos do cerrado brasileiro, que abrange parte do município de Alto Paraíso e os distritos de São Jorge e Cavalcante. No Parque há apenas duas trilhas abertas para visitação. Fizemos a trilha dos Cânions do Rio Preto e das Cariocas. A entrada principal da reserva fica na Vila de São Jorge, repleta de pousadas, restaurantes e bares descolados, a 38kms de Alto Paraíso.


Ita fotografando as Cachoeiras do Pratinha - Chapada Veadeiros


Vários outros passeios fora do parque são feitos na região, e como não era possível fazermos todos, optamos por alguns aos arredores da Vila e outros na região de Cavalcante. A cada novo lugar visitado a certeza de que queríamos ver mais e mais.

A força das água molda as pedras do Vale da Lua - Chapada Veadeiros


Vale da Lua, Raizamas e Encontro das Águas em São Jorge, Rio da Prata ( com 7 cachoeiras incríveis), Santa Bárbara e Veredas em Cavalcante. Cada lugar tem uma beleza especial...alguns tem águas verdes, outros as águas são mais escuras e o Vale da Lua, diferente dos demais passeios, possui formações rochosas inusitadas.

A chapada é única e todos que vivem por aqui ou que vem para curtir a região tem uma certeza: a natureza é generosa, com muitos riachos e cachoeiras, e, acima de tudo, com uma energia vital impressionante.


Está no ar, na água, na terra e por todos os lados. É como se a mãe terra quisesse nos abraçar. Quem dá a permissão, ganha abraços por todos os lados...


Sempre viva - flor típica do cerrado

Muitos vão conhecer esse lugar mágico e nunca mais voltam (né Marcel!). Após uma semana por lá, conseguimos entender porque.


sim...é possível ...Ita e o guia Paulão curtindo a vida


Mas o projeto Àguas continua e seguimos para o Parque Estadual de Terra Ronca,

no norte de Goiás, quase divisa com a Bahia.


O nome do Parque soa estranho, mas a expressão deriva do rugido dos rios que atravessam as cavernas.


Caverna Angélica - considerada uma das mais belas do Parque Estadual - GO

As condições das estradas não são das melhores, mas vale a pena o esforço. Um dos maiores complexo de cavernas da América Latina (são 225 cavernas, mas somente 5 abertas a visitação),


para quem gosta de um pouco de aventura, esse é um roteiro bem diferente.


Essas formações geológicas atraem espeleólogos, turistas, aventureiros e curiosos de todas as partes do mundo, ávidos por conhecer as belezas naturais, os rios de águas cristalinas que formam lagos subterrâneos e os enormes salões internos das cavernas. A formação desse complexo se deve à ação dos rios que nascem na Serra Geral, ganham volume sobre os maciços de quartzito e acabam formando uma série de cavernas ao encontrarem o maciço de rochas calcárias dentro do Parque.


Parque Terra Ronca

Visitamos 2 cavernas, a Angélica e a Terra Ronca I, cada uma com sua beleza particular: Angélica é uma das mais adornadas do complexo, com inúmeros espeleotemas e salões espetaculares. Já a caverna Terra Ronca tem uma entrada gigantesca e impressionante, o que a torna monumental.


Caverna Terra Roca I - o nome vem porque a água que corre

dentro da caverna parece que ronca

Fomos nas duas cavernas guiados pelo Luis, nativo da vila São João, conhecedor profundo da região, mas tão calado que quase tínhamos que suplicar por informações. Ficamos na Pousada São Mateus, básica e com comida farta. Afinal, tudo é farto na região: as cavernas, as estradas ruins, o pó, a comida boa, os mosquitos, a natureza bruta. Mas essa rusticidade nos traz a certeza que o Brasil ainda tem algumas jóias escondidas...e Terra Ronca é uma delas.


Veja mais fotos da nossa expedição





NEWSLETTER

Inscreva-se para receber novidades do Um Mundo de Fotos

  • Grey Instagram Icon

Ita Kirsch e Bala Blauth,

 gaúchos de Novo Hamburgo 

fotografamos natureza, paisagens e populações tradicionais.  Juntos criamos UM MUNDO DE FOTOS, temos 5 livros, e organizamos expedições, cursos e workshops.

Conheça nossa história

BUSCAR NO SITE

1/1

1/5
 
LEIA TAMBÉM : 
 
GOSTOU? COMENTE : 
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon

Todas as nossas imagens estão disponíveis para venda. Conheça nosso Banco de Imagens aqui.

Desenvolvido por Bárbara Blauth